Homem não aceita separação, mata mulher e tira a própria vida em Apucarana

O primeiro crime ocorreu na Rua Marcílio Dias na região do Jardim Paraíso. Rosimar Ferreira da Silva de 47 anos abordou a ex-esposa Isabel Aparecida Vieira de 32 anos, quando a mesma chegava do trabalho e desceu da circular para ir em direção a casa de sua mãe, onde estava morando nos últimos dez dias após a separação.

Após uma rápida discussão, ele atirou contra Isabel usando uma espingarda calibre 28. Na sequência ele fugiu em um veículo VW Gol preto e passou a ser procurado pela Polícia, até que minutos após o crime uma ligação anônima ao 190 relatou sobre um homem aparentemente sem vida em uma rua de terra aos fundos do Jardim Guarujá.

No local a Polícia confirmou a morte e identificou o autor do assassinato ocorrido minutos antes. Rosimar recarregou a arma após matar a ex-esposa e atirou contra a própria boca.

De acordo com o investigador Roberto Francisco, superintendente da 17a SDP, a vítima havia conseguido uma medida protetiva da Justiça pois o autor não aceitava a separação.

“Após ela decidir separar, uma equipe policial auxiliou ela a retirar suas coisas da residência em que eles moravam no Contorno Sul. Ela havia denunciado ele junto à Delegacia da Mulher, mas infelizmente hoje ele cometeu essa barbárie” disse Roberto em entrevista a Márcio Gomes.

JORNALISMOSERIO

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s